Arquivo da categoria: Festa

Grillwetter? Grillparty!

Padrão

Quando o verão racha o coco dos alemães, é tempo de Grillparty. Ontem conversando com minha querida Toddy Tainá, estávamos fazendo um mini-review das últimas semanas e constatei que nos últimos 2 meses, estive em pelo menos UM churrasco por fim de semana. Aniversário, visita, simplesmente Spaß an der Freude, egal aus welchem Grund, os alemães amam churrasco. E eu que ao chegar aqui era vegetariana, hoje em dia como umas lingüicinhas e uns pedacinhos de frango. Mas o hit pra mim são ainda queijos e legumes assados.

Você que está aí no Brasil deve estar se perguntando como é um churrasco alemão, certo? Então, normalmente:

– Há muitas saladas! Kartoffelsalat, Karottensalat, Nudelsalat, Gurkensalat e muitas outras. Adoro as saladas e os molhos daqui. Por isso, mesmo não comendo tanta carne, adoro quando começa a Grillsaison;

– Aqui assa-se bastante carne de porco em formato de steaks; Lingüiças; Queijos; Legumes (milho, cebola etc etc); Preparados vegetarianos;

– Bebidas: tem de tudo! Coca-cola, Fanta, cerveja, Weinschorle e de vez em quando um Klopfer assim só de brincadeira :P;

– Normalmente as pessoas combinam entre si quem vai levar o que, digo, se devemos levar bebidas, ou salada, ou a carne que queremos comer. Se fosse pra ficar nas costas de uma só pessoa, não dava pra fazer tanta festa, né?

Pra nós brasileiros, pode parecer churrasco demais pra um verão só, mas a verdade é que, quando o verão chega nessas bandas aqui, aproveita-se ao máximo qualquer oportunidade de ficar do lado de fora, de festas e esportes ao ar livre, entre outras atividades. Mas isso é algo que só se entende quando não se vive com tempo “bom” durante todo o ano!

E ab in die Grillsaison!

Viel Spaß!

Wortschatz / Glossário:

Grillwetter – clima propício a churrascos

Grillparty – churrasco (normalmente os mais festivos, onde se comemora alguma coisa)

Spaß and der Freude – expressão equivalente a “fazer algo por diversão)

egal aus welchem Grund – não importa a razão

Kartoffelsalat -http://pt.wikipedia.org/wiki/Kartoffelsalat

Karottensalat – Salada de cenoura

Nudelsalat – salada de macarrão

Gurkensalat – salada de pepino

Grillsaison – temporada de churrasco

Weinschorle – Vinho + água com gás

Isso é um Klopfer / Taken from Google Images

Klopfer – Pequenas garrafinhas com uma espécie de licor. Encontra-se vários sabores: cereja, whisky com creme, ameixa, menta, entre outros. O nome vem do verbo klopfen, que significa bater, tipo, bater à porta. O costume é bater a tampa da garrafinha na mesa antes de beber. E colocar a tampa no nariz depois de abrir. Quem esquece de por a tampinha no nariz tem que beber outro! hehe

Ab in die Grillsaison – (Comecemos) a temporada de churrasco!

Viel Spaß – Divirta(m)-se!

Esquentando os tamborins

Padrão

Ano que vem será celebrado o ano da Alemanha no Brasil. Na verdade a iniciativa é para os próximos dois anos e se estende a várias áreas. A proposta é de que os dois países estreitem seus laços e cooperem mais em diversos campos, como tecnologia, educação usw.

Claro que isso não poderia fugir do carnaval! E quem gosta de carnaval sabe que essa indústria trabalha durante todo o ano!

No ano de 2013 a escola de samba Unidos da Tijuca falará sobre a Alemanha com o enredo “Desceu num raio, é trovoada! O deus Thor pede passagem pra mostrar nessa viagem a Alemanha encantada”. Li que os patrocinadores alemães deram pra trás porque o tema inicial era Richard Wagner – eles ficaram com medo das conotações nazistas. Parece que mesmo após a mudança do enredo, está difícil tirar os escorpiões do bolso dos patrocinadores alemães… hehe

Mas, certamente será um belo carnaval com a criatividade do Paulo Barros.

Bom, genug für heute, deixo vocês com o samba que fala da “Alemanha Encantada”:


Alguém aí que goste de carnaval?

Glossar:
usw: etc

genug für heute: “chega” por hoje ou “basta” por hoje.

 

Links relacionados:

Letra do samba:

http://unidosdatijuca.com.br/2012/10/tijuca-ja-tem-samba-para-cantar-a-alemanha-na-sapucai/

Alemanha + Brasil:

http://www.alemanha-e-brasil.org/

Post mini-resumo

Padrão

Senhoras e senhores,

bem vindos ao post mini-resumo da semana:

– Sobrevivi à apresentação de dois seminários hoje, um, emendado no outro, um em alemão e o outro em inglês. Ufa, tô viva e me sentindo bem leve. Elogio faz bem 🙂 E a desenvoltura pra falar em público em alemão tá se desenvolvendo!

– Sophia nasceu! A filha da minha amiga Paty nasceu anteontem em terras suábias. Já vi a foto, ela é um docinho e espero conhecê-la ao vivo em breve. Parabéns pros papais Patrícia e Jörg e pra vovó Jandira que veio diretamente do Brasil pra dar aquela força pra eles 🙂

– Amanhã dou meu grito de liberdade! Último seminário do ano, depois do Wake up Kino que começa às 6 da matina 🙂 Cinema com café da manhã, achei uma proposta interessante. Ainda mais se tratando de Sherlock Holmes;

– Não tenho árvore de Natal ainda, porque com todo o estresse não rolou nenhuma preparação pro Natal aqui em casa. Amanhã eu vou tentar tirar o atraso;

– Vou dormir e me inspirar pro dia de amanha e em breve escrevo um post beeeem bacana, como vocês merecem.

Câmbio. Desligo.

Beijos

Marina.

Meus vinte e poucos anos

Padrão

Fazer aniversário sempre me deixou nostálgica, isto já desde a mais tenra idade.

Meu segundo aniversário em terras alemãs não foi diferente, com o agravante de que é o segundo aniversário sem minha família brasileira e meus amigos mais próximos por perto. Mamãe me alerta para o fato de que estou me aproximando dos trinta, talvez uma tentativa  indireta de me lembrar que ela adoraria ter netos. Meus amigos me escrevem e expressam os melhores desejos… fico sem palavras ao sentir a energia positiva que me rodeia.

Ganhei um bolo delicioso da minha sogra, tomamos café com bolo, ganhei presentes bem criativos, entre eles uma panela de pressão foderosa, com a qual fiz aquele feijãozinho saudoso de ontem… hehe

Fato é… a vida passa tão rápido! E apesar de gostar de celebrar meu aniversário, a cada ano que passa eu me entristeço um pouco de ver que as coisas passam, que as pessoas se desgastam, que as coisas tem mesmo um fim… mas reflexões à parte, eu me alegro de ter uma vida boa, famílias queridas, amigos amados, um amor que tem tanto cuidado comigo… então não se preocupem, pois esta tendência niilista não significa depressão.

E ainda são só vinte e poucos anos.

P.S. : Meu aniversário foi na segunda, dia 05/12 :); fiz 26 🙂

Eu tô voltando pra casa… outra vez!

Padrão

Olá pessoal!

Uma semana sem postar, estávamos a passeio no Reino Unido 🙂 As férias foram muito movimentadas, andamos muito, comemos muito, bebemos bastante (hehehe) e ficamos sem net, por isso não dei sinal de vida.

Mas ontem à noite voltamos, e eu prometo que amanhã sai um post quentinho sobre o highlight 1 da viagem: Londres.

Adiantando, a cidade é genial!

Bom sábado para todos e todas… hoje tudo o que eu quero é a minha caminha quentinha. É, pra vocês verem que eu tô voltando pra casa… 😉

Até amanhã!

Coisas da Alemanha: Kerwe

Padrão

Então que quem nasceu e cresceu em cidade pequena no Brasil certamente sabe o que é uma Quermesse. Sim, estou falando de uma destas festinhas de rua, ondem imperam as barraquinhas, penduricalhos e crianças de boca melada de doce pedindo dinheiro pros pais pra dar mais uma volta no carrinho bate-bate.

Hehehe… reavivei as suas mais antigas lembranças de infância? Pois é, meus caros e minhas caras, eu também passei por isso nascendo e vivendo em Magé (Que com seus 300.000 habitantes é sim uma cidade relativamente pequena , pelo menos quando comparada ao Rio de Janeiro e seus milhões). Era um tal de festa de São Pedro pra cá, festa de Nossa Senhora da Piedade pra cá, entre outras festinhas pelas quais nós – na época crianças – esperávamos ávidos para desespero de nossos pais. rs rs

Risada “maligna” Mwhuahuauahuaa

Bem, na minha cidade essas festinhas tinham tudo isso que citei acima, mais parquinhos e competições de dança e canto no palco (nem vou comentar que eu participava de todas, desavergonhada que era rs rs).

Aqui na Alemanha, esse tipo de festinha não está necessariamente ligada à igreja e ainda acontece, pelo menos uma vez no ano nas Gemeinden. A Gemeinde onde moro se chama Oppau   (sim, já ouvi a piadinha de que moro em Oppau, rs rs) e faz parte da BASF city . Nesta Kerwe que acontece todo ano no mês de agosto,  se reúnem as Vereine locais e montam suas barraquinhas, vendendo as comidinhas e bebidas típicas, que em Rheinland Pfalz, são de pelo menos meio litro! Hic!

Assim como no correspondente brasileiro, é lugar de comer, beber e gastar dinheiro com pescaria e afins com as Kinder 😛 Como contei pra minha moms e ela não conseguia imaginar uma quermesse alemã, tirei umas fotos e  isso me inspirou a escrever este post, pra dividir um pouco com os amigos que estão longe como são as coisas aqui na Dorfinha.

 

Não se sintam intimidados pela Bratwurst de meio metro! HAHAHA

Boa semana pra vocês!

Wortschatz – Vocabulário

Gemeinden – Plural de Gemeinde, que significa distrito. Oppau, onde vivo, é um distrito de Ludwigshafen

BASF city – Brinquei com o fato da BASF ser tudo de mais conhecido aqui em Ludwigshafen. Lembrando, a BASF é a maior indústria química do mundo.

Kerwe – quermesse

Vereine – Plural de Verein, são clubes ou associações de pessoas que exercem uma atividade em comum. Existem Vereine de música, de esporte (faço parte de uma de artes marciais), de jardinagem etc etc.

Kinder – Plural de Kind, significa crianças.

Dorfinha – diminutivo aportuguesado de Dorf, que é um vilarejo, digamos. Na verdade, eu não moro uma Dorf. Uma Dorf, é digamos uma cidadezinha bem pequena, tem algumas com menos de 100 habitantes o.O

Bratwurst – linguiça