Arquivo da tag: organização

Casamento Brasil x Alemanha

Padrão

Hallo!!!

Depois de escutar meus amigos aqui tecendo comentários sobre um site de casamento que conta a piegas longa trajetória de um casal apaixonado em uma espécie de blog, resolvi cumprir com minha promessa de falar das diferenças entre Brasil e Alemanha. E o tema não poderia ser outro senão casamento.

Quem leu os meus poucos posts percebe de cara que estou dooooida por conta do meu casamento que vai acontecer em Julho. Pois é.

Agora, convenhamos, se noivas que estão por aqui e vão se casar fazendo o circo, a velha conhecida festa à brasileira, com todos seus badulaques e formalidades e todo s os convidados de pinguim de geladeira com reboco na cara, imaginem queridos, como moi me sinto aqui nesse mundinho de casamento germânico. Medo!

Por outro lado, estou beeeem feliz porque acho que a forma de casar da terra do chucrute realmente combina mais comigo: Menos pompa e mais festa. Literalmente, mais festa.

São pelo menos três festas:

Junggesellinnenabschied: Nossa famosa despedida de solteiro, que no Brasil normalmente é só dos homens (morram de inveja, meninas), também é das mulheres… e é no estilo perdição em Las Vegas sem Las Vegas, a menos que vc tenha muitos euros pra bancar a viagem, óbvio!

Polterabend: Uma noite antes do casamento (intervalo não recomendado pelos experts de plantão, visto que no outro dia você estará morto(a)) todos se reúnem em um local alugado ou no quintal da casa da noiva, geralmente. os convidados levam porcelana em todos os formatos e tamanhos IMPOSSÍVEIS (vale até se desfazer das porcelanas velhas, resto de obras etc etc) e quebra. Os noivos tem que limpar tudinho juntos. Dizem trazer sorte e união (pudera!) pro casal. A parte boa é que é uma festa super informal que não precisa de um convite em papel e que todo mundo chega numa boa, come um churrasco, bebe umas cervejas daquelas pequenas de 500ml/copo e tá tudo bem.

Hochzeit: O casamento propriamente dito. Dia de se vestir de noiva pra quem quer, o casamento oficial é para poucos, só para a família e amigos mais próximos, nada de chamar uma cabeçada substancial. Quem é de igreja casa na igreja, quem não é, tem o Standesamt aí pra resolver, como no meu caso 😛

Bom, estas são minhas impressões pelo que a família do Chris me conta, e pelo o que tenho lido. Parece beeeeeeeeem divertido, não? no próximo post Vou dar uma idéia de como são essas festas.

Küsse!

Glossário:

Standesamt: Cartório de registro civil

Küsse: Beijos